terça-feira, 29 de julho de 2014


Ter um sonho, um sonho lindo,
Noite branda de luar,
Que se sonhasse a sorrir…
Que se sonhasse a chorar…

Ter um sonho, que nos fosse
A vida, a luz, o alento,
Que a sonhar beijasse doce
A nossa boca… um lamento…

Ser pra nós o guia, o norte,
Na vida o único trilho;
E depois ver vir a morte

Despedaçar esses laços!…
…É pior que ter um filho
Que nos morresse nos braços
Florbela Espanca..

4 comentários:

emanuel moura disse...

Adorei este momento de poesia querida afilhada ,que a sua alma emane sempre esse enorme brilho e nos contagie com o seu enorme amor do seu lindo coraçao ,muitos beijinhos

sonia disse...

Belos versos1 Adorei seus comentários no "escolaparaadultos", te convido para conhecer o http://www.mattiva. blogspot.com, se gostares e quiseres segui-lo ficarei bem feliz.
Abraço!

Suzane Weck disse...

Ola querida amiga,obrigada pela visita,fiquei muito feliz em contar com tua suave e brilhante presença no dia que retornei para este amado mundo da blogsfera.Parabéns pela criação e organização de tantos e tão lindos blogs.Com muito carinho deixo aqui meu maior abraço.SU

Gracita disse...

Que bela escolha minha querida. Uma leitura para degustar com suavidade.
Uma linda noite e belos sonhos
Beijos da dinda
Gracita